Skip to content

Setembro Verde e Catarina Mina

16/09/2010

 O Setembro Verde acontece em São Paulo, de 10 de setembro a 10 de outubro. Se agora, você se pergunta o que a moda tem a ver com isso, a resposta é… tudo! E a Catarina Mina, apoiadora dessa necessidade mundial que é o consumo consciente, não poderia ficar de fora. A partir do dia 25 de setembro, as bolsas da marca cearense serão expostas na Galeria Mundo Mix. Apenas 12 marcas relacionadas à moda e ao design foram selecionadas pela stylist Chiara Gadaleta para participar do evento.
Entre elas estão a estilista paulista Flávia Aranha, o designer e ourives mineiro Ricardo Coacci e o estilista pernambucano Gustavo Silvestre.
No dia 25 de setembro, Chiara Gadaleta ministrará o workshop Ser sustentável com estilho, na Galeria Mundo Mix.

Para a estilista e sócia da Catarina Mina, Joana de Paula, a seleção da marca nesta curadoria se dá pela buscar de criar produtos que elevam o artesanato à condição de design. “Desenvolvemos bolsas exclusivas que carregam a beleza e sensibilidade do trabalho das artesãs locais e a vanguarda do mundo da moda”, destaca Joana.
Suas peças valorizam elementos como a chita, o tear, o crochê e o rechiliê.

Na coleção 2010-2011, a inspiração foi o Centro e a orla de Fortaleza, fruto da visão obtida no novo endereço onde as sócias desenvolvem suas peças.
O casario do Centro, aliado à Catedral da Sé, em seu estilo gótico, e ao azul do mar, resultaram em bolsas que primam pelo romantismo e pelo ar retrô. Materiais rústicos e sofisticados como barbante, fios acetinados e tecidos nobres se misturam, fazendo um jogo de texturas e cores nas mini e maxi bolsas, clutchs e carteiras.

Criada em 2005, a marca reúne a criatividade e o bom-gosto da estilista Joana de Paula e da designer Celina Hissa. Juntas, elas já desenvolveram diversas coleções que ultrapassaram as fronteiras cearenses e agora ganham espaço em lojas de Pernambuco, Rio Grande do Norte, São Paulo e Rio de Janeiro.
Desde o início, a Catarina Mina tem buscado criar uma cadeia sustentável de criação. Para tanto, a dupla tem firmado parcerias com artesãs de Fortaleza e de municípios próximos, além de procurar o apoio de instituições que trabalham com idosos ou pessoas com deficiência.

Na última coleção, participaram a cooperativa Maria Marias, que reúne artesãs da praia da Taíba, e a Comunidade do Mucuripe, que desenvolve os trabalhos em crochê.
Outros grupos que contam com o apoio da Catarina Mina são a ONG Idoso Amado, grupo de idosos que desenvolve os mais variados acessórios para a grife; e o Instituto Casa da Espera, que reúne mãe de autistas, que fazem dos seus bordados – desenvolvidos enquanto os filhos estão na escola – uma fonte de renda.

Conheça mais da Catarina Mina em http://www.catarinamina.com ou siga a marca no twitter: @catarinamina.

— Este é um dos Releases enviados à imprensa local e nacional, onde o trabalho da Catarina Mina está apenas resumido. Para você que  ainda não conhece a marca, fica a dica. Para quem já é fã como eu… aproveita e divulga a idéia das meninas…
Afinal, É POR UMA ÓÓÓÓÓTIMA CAUSA!

P.S.: Jô e Celina… (vou chorar…) eu sou absolutamente FÃ de vocês, muito além de minhas “chefinhas queridas”, meu coração escolheu vocês!!! Boa Sorte.. dá um chêro na Chiara por mim, please!!!

Anúncios
One Comment leave one →
  1. 05/12/2010 15:40

    Deborah!!! Tem selinho para você no http://coisitasdeluxo.com.br

    Espero que goste!!

    Beijos,

    Liss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: