Skip to content

POR ESTAS E OUTRAS

08/05/2011


Até que enfim eu vou voltar a escrever com minha própria assinatura.
E nessa história de sangue, suor e lágrimas, já que você veio até aqui, vai conferir o que tem de sido feito recentemente, no meu Novo Blog! Clica na foto e já é!

Design e Layout: Diego Chaves.
Ilustrações: Everton Silva.

Big Blog Brasil

19/09/2010

Já faz um tempo que eu tô pra vir aqui para fazer um post “auto-ajuda”. Hehehehe.
AJUDA pra quem me pede (amigos que estão perdidos), pra quem precisa (colegas que estão se achando) e AUTO pra mim (desabafando)!!!

Tem muita gente me perguntando sobre essa história de trabalhar com blog, de ser blogueira de empresa, ou sobre ser “blogueira de moda“etc.

Primeiro, vamos aos FATOS:

  • Quem tem juízo na vida sabe que eu não sou lá uma blogueira de moda. Eu falo aqui e ali “por cima” sobre estas e outras coisas… e sobre moda.
    Pois a minha vida gira em torno disso há um tempão, eu sou FORMADA em Estilismo e Moda pela UFC (Universidade Federal do Ceará), onde desde que entrei já tinha Multiply, Fotolog, Orkut e .. Blog! >> Redes Sociais?!?!?!
  • Quem me conhece sabe que desde o outro Blog eu sempre dedilhei ser mais fofoqueira da minha vida do que outra coisa. Por isso aqui, tãããão presente são os textos na primeira pessoa – e eu nem sou tão narcisista assim!!! Mas falo sempre o que acho/penso/espero/sinto da móda.
  • Blog NÃO É REVISTA nem é JORNAL.
  • Blog não é JORNALISMO. Eu não sou JORNALISTA.

Agora vamos aos ATOS:

Eu passei pelo lodo do descobrimento pós-formatura.
Onde tudo o que eu achava que existia era uma nuvem preta sobre mim, e ao meu redor ninguém me amava ninguém me queria e eu me lamentava dias e noites sobre a falta de mercado em Fortaleza para a minha área…
Isso, até que eu vi nos blogs a oportunidade de pagar meu condomínio em dia!

“Ser” blogueira era uma coisa, então eu refiz o meu blog para adapta-lo aos padrões atuais da minha vida com a móda. Refiz meu círculo de amizades que até então, na área de moda estava super legal, com pessoas legais e projetos novos iniciando… enfim: Tudo de bom.

Me uni a pessoas que queriam movimentar a cena local e fomos a luta.
*leia-se moda em pauta* leia-se a moda e a cidade* leia-se costuras –  interna*

Neste momento, “Ser” blogueiro era uma visão. E meu blog começou a ser visto e lembrado pelas assessorias, pelos amigos dos amigos, pelos próprios amigos que nem eram tããão amigos… Eu acho que teve até gente com medo de não ser meu amigo!!!! hehehehe. Enfim.

Eu sempre tive na minha cabeça, uma única certeza: eu não era daquele mundo dos looks, das unhas e dos cabelos certinhos. Eu era a menina dos textos longos sem definição láááá do blogspot. Mas aqui, me tolindo nos assuntos, deixando falar só o lado profissional.
E é isso.

Acho que esse textão aqui, no quesito desabafo vem pra soltar esse grito entalado há tempos, sobre o que de fato “este” Por Estas e Outras… representa na minha vida.
Sim. Ele me faz pagar as contas. Com ele próprio? NÃO. NUNCA. Com o que ele me trouxe, SIM!

Meu blog não tem patrocínio, não tem muitas visualizações. Não tem layout feito por designer. É um “blog réi”, como diz no CE, feito por mim. Pelo meu “handmade” sometimes… hehehe. É assim. Uma coisa.

Mas eu sou do clubinho que prefere a qualidade antes, bem antes, da quantidade. Adoro quando vejo que teve cento e tantas visitas e nenhum comentário! Adoro mesmo. Por que isso mostra que eu posso ir ver o teu blog, o da amiguinha, o do colega e o da tiazona, sem precisar falar nada! Mas quando eu retribuo um comentário, é de verdade. Eu gosto de incentivar meus amigos.
E eles sabem quem são.

Sobre mim, ainda (eu avisei que era auto-ego-super-eu? rs) este blog me ensina a ler sobre moda de outra forma. Eu olho pra ele e penso “olha quanta po$%a de blog de moda existe no mundo, o meu é uma droga sem fim”… hehehe mas na real, eu faço o que posso – ainda que seja só uma porcariazinha por semana!
Eu só digo “oi” se acreditar no oi que tô dizendo. É assim, aqui, é assim!

LITLLE HEL 4 MY FRIENDS:

Babys, é o seguinte, não tente empurrar seu blog garganta abaixo. Sucesso vem quando vem. A gente tem que aprender a lidar com isso – crescer – a vida toda! É um saco, eu também acho… mas se você precisa fazer do seu blog um meio de vida, então vai a luta, não espere por ninguém e principalmente, coloque na sua cabeça que o empresário é você. O poder tá na mão de quem trabalha. Então se jogue:

Sobre cobrar pelo blog, eu acho que cada um faz o que quer, ó.
Sobre os preços, (a pergunta que mais escuto… gente eu sou pobre, eu não sei fórmula de ryqueza, e acho que não contava não, se soubesse… pq eu nem sou uma “anja” eheheh) cobre o valor que você acha que vale o teu texto, o teu conhecimento e a tua cara, claro, afinal você vai mostra-la junto aos produtos!!! Não existe tabela.
Sobre como vender a publicidade, procure se aliar a um profissional de atendimento em agências de publicidade. Envie os números do seu blog semanalmente, faça posts gratuitos incialmente, seja legal com algumas marcas, envie resultados premeditados… seja “bacaninha”!

Para não fazer feio, se você quer mesmo esse lance de “vendas”, vai num designer e dá um tapinha no teu layout. Customize um curriculo legal com o que já fez, mesmo se não fez nada, imprima documentos bem escritos, coloque em envelopes e envie por correio. LEMBRE-SE >> VOCÊ NÃO VAI GASTAR -VAI INVESTIR!!!! Revisão mínima 3 vezes antes de enviar, tá?!

AQUELE(s) TOQUE(s) LEGAL(is):

Vamos com calma. Vamos pensar antes de escrever. Vamos temer o poder das críticas. Vamos colocar honestidade nas coisas que publicamos. Quem sabe buscar uma informação mínima. Quem sabe não se sentir tão por cima. Quem sabe olhar ao redor e ver que trabalho massa os amigos do outros blog alí estão desenvolvendo. Unir? Você sabe o que significa essa palavra?! Se liga.
Humildade sempre = Amizade sempre.

Antes de finalizar, eu mando um abraço especial pra Cipolla Jeans que desfilou no #FFW e para Catarina Mina, que está embarcando pra Sampa pra participar do Setembro Verde, como disse no post anterior. Estas duas empresas são muito especiais, pois fazem parte do meu trabalho diário com blogs corporativos.

BLOG WORK:

Blogs corporativos são a saída para os que como eu não tem interesse em patrocinar o próprio blog, ou apenas curtem escrever conteúdo relacionado à moda.
Particularmente, eu aderi a eles por opção.
Senti a necessidade de algumas marcas, liguei, fui lá com um projeto e apresentei pros empresários.
Sobre como funciona, você é quem determina em sua proposta o número de postagens, a quantidade de atualizações e o valor que será cobrado.
Quanto à carga horária, eu tenho um método que compara o meu tempo pessoal com meu tempo profissional. É uma forma de não viver só para a empresa e de não me perder nas minhas coisas particulares.
É tão relativo esse lance de “valores X área de atuação” que eu mesma nunca usei meu blog como parâmetro de conhecimento. Eu sou formada e ponto final. Mas minha dica é que se você não é da área de moda, mostre seu conhecimento de outra forma, usando os posts de seu blog, ou desenvolvendo um projeto encantador, por exemplo!!
Trabalhar como “blogueiro profissional” é muito sério. A imagem da empresa está sempre atrelada, do “bom dia” ao “RT”. Então seja sempre muito atencioso, procure oferecer serviços simples de executar e não esqueça de focar sempre o mantra: “o cliente tem sempre razão” >> mas sem esquecer que ele te paga para fazer algo que no momento ele não pode fazer por ele mesmo.
Se liga, leva a sério.
Sobre a postura vinda de terceiros… Só digo que você mesmo se encare como um trabalhador sério, assim os outros também te verão como o tal.
É isso. Boa sorte. Me liga se precisar de mais informação. Me procura no google, me manda e-mail.. sei lá… euq ueria resolver mais questões neste post. Mas além de ter ficado imenso, o Deivy chegou e eu vou ali… ler livros e escutar música clássica… kkkkkkkkkkkkkkkkk (tábom.)

Setembro Verde e Catarina Mina

16/09/2010

 O Setembro Verde acontece em São Paulo, de 10 de setembro a 10 de outubro. Se agora, você se pergunta o que a moda tem a ver com isso, a resposta é… tudo! E a Catarina Mina, apoiadora dessa necessidade mundial que é o consumo consciente, não poderia ficar de fora. A partir do dia 25 de setembro, as bolsas da marca cearense serão expostas na Galeria Mundo Mix. Apenas 12 marcas relacionadas à moda e ao design foram selecionadas pela stylist Chiara Gadaleta para participar do evento.
Entre elas estão a estilista paulista Flávia Aranha, o designer e ourives mineiro Ricardo Coacci e o estilista pernambucano Gustavo Silvestre.
No dia 25 de setembro, Chiara Gadaleta ministrará o workshop Ser sustentável com estilho, na Galeria Mundo Mix.

Para a estilista e sócia da Catarina Mina, Joana de Paula, a seleção da marca nesta curadoria se dá pela buscar de criar produtos que elevam o artesanato à condição de design. “Desenvolvemos bolsas exclusivas que carregam a beleza e sensibilidade do trabalho das artesãs locais e a vanguarda do mundo da moda”, destaca Joana.
Suas peças valorizam elementos como a chita, o tear, o crochê e o rechiliê.

Na coleção 2010-2011, a inspiração foi o Centro e a orla de Fortaleza, fruto da visão obtida no novo endereço onde as sócias desenvolvem suas peças.
O casario do Centro, aliado à Catedral da Sé, em seu estilo gótico, e ao azul do mar, resultaram em bolsas que primam pelo romantismo e pelo ar retrô. Materiais rústicos e sofisticados como barbante, fios acetinados e tecidos nobres se misturam, fazendo um jogo de texturas e cores nas mini e maxi bolsas, clutchs e carteiras.

Criada em 2005, a marca reúne a criatividade e o bom-gosto da estilista Joana de Paula e da designer Celina Hissa. Juntas, elas já desenvolveram diversas coleções que ultrapassaram as fronteiras cearenses e agora ganham espaço em lojas de Pernambuco, Rio Grande do Norte, São Paulo e Rio de Janeiro.
Desde o início, a Catarina Mina tem buscado criar uma cadeia sustentável de criação. Para tanto, a dupla tem firmado parcerias com artesãs de Fortaleza e de municípios próximos, além de procurar o apoio de instituições que trabalham com idosos ou pessoas com deficiência.

Na última coleção, participaram a cooperativa Maria Marias, que reúne artesãs da praia da Taíba, e a Comunidade do Mucuripe, que desenvolve os trabalhos em crochê.
Outros grupos que contam com o apoio da Catarina Mina são a ONG Idoso Amado, grupo de idosos que desenvolve os mais variados acessórios para a grife; e o Instituto Casa da Espera, que reúne mãe de autistas, que fazem dos seus bordados – desenvolvidos enquanto os filhos estão na escola – uma fonte de renda.

Conheça mais da Catarina Mina em http://www.catarinamina.com ou siga a marca no twitter: @catarinamina.

— Este é um dos Releases enviados à imprensa local e nacional, onde o trabalho da Catarina Mina está apenas resumido. Para você que  ainda não conhece a marca, fica a dica. Para quem já é fã como eu… aproveita e divulga a idéia das meninas…
Afinal, É POR UMA ÓÓÓÓÓTIMA CAUSA!

P.S.: Jô e Celina… (vou chorar…) eu sou absolutamente FÃ de vocês, muito além de minhas “chefinhas queridas”, meu coração escolheu vocês!!! Boa Sorte.. dá um chêro na Chiara por mim, please!!!

OBRIGADA.

13/09/2010

Por que para ser feliz a gente precisa do mínimo. Uma caneta e um papel de rascunho podem mudar toda a nossa vida.


A Liss é tão legal, a gente se parece em tantas coisas… parece que já crescemos retribuindo twittes e posts. Apesar do meu pouco tempo pra postar, a gente se confraterniza em nome dessa reciprocidade das informações, dos gostos e até da troca de serviços!!! E pq não ser amigo virtual BFF??? hehehe É sverdade, não tem barreira pra amizade, não!

A idéia de um gerenciamento de conteúdo – de blogs locais – já havia passado pela minha cabeça, mas de jeito nenhum eu faria tão bem quanto o Blogs de Moda CE. Afinal eu sou mega sem tempo e super poia pra alguns recursos do meio digital (kkkkk).

Enfim.. super apoio essa iniciativa e onde puder divulgar, é só pedir ou nem isso, é natural.
Com esse meu post, não preciso dizer que tô dizendo obrigada a quem falou de mim, ou falou sobre minha diversão no Por Estas e Outras… (Não é trabalho, é por vontade)
O que eu quero TAMBÉM, é evidenciar que a união é o que importa. Afinal de que vale ter algo grandioso, ser reconhecido ou estar no topo das paradas SOZINHO???

Eu quero é estar junto… simbora…?

E se liguem nas dicas, nos tópicos de ajuda, nas propostas de cada blog, somos mais quando estamos conectados.

Live what we have to live

09/09/2010

eu achei que combinava as cores, a música… ah…

Recebi o Convite, te convido também!!!

08/09/2010

Na ocasião, estarão presentes os estilistas Glória Coelho, Jum Nakao e Lino Villaventura; os artistas plásticos Siegbert Franklin, Ize Araújo, Hélio Rola e Marco D Julio; do designer de jóias Claudio Quinderé; e do designer gráfico Sérgio Hansen. (Via AD2M Engenharia de Comunicação)

E fala sério, né?! Depois neguinho reclama que não tem coisa boa pra apreciar em Fortaleza, simbora galera! Vai ser legal!

Chega de FALSAS PROMESSAS!

08/09/2010

Fotos de @tatamisfits e esse post é pra ti tbm.. beijo!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.